Nova Carteira Nacional de Habilitação

cnh-2017E a grata surpresa de 2017 é que teremos uma atualização no documento mais importante do motorista brasileiro: a CNH. A principal mudança está na coloração, antes azul agora ficará preta.

Além de continuar com o alto relevo, agora cada Cnh ficara com um fundo mais amarelado e terá o mapa do estado responsável pela emissão do documento. Ganhará uma holografia com a sigla CNH impressa repetidas vezes para dificultar falsificações. Talvez a melhor novidade fique em um novo código numérico de validação, composto pelos dados individuais de cada CNH. Esse código permitirá a agentes de trânsito validar a habilitação por meio de aplicativo disponibilizado pelo Denatran.

Para saber mais novidades, você pode conferir a matéria completa no Carpress.

Anúncios

Dória Aumenta Riscos nas Marginais

Joao Dória Jr, prefeito eleito da cidade de São Paulo, depois de voltar atrás em diversas promessas, apresentou terça, dia 22, uma das “soluções” a promessa de voltar as velocidades da marginal Tiete e Pinheiros da capital.

Antes dos resultados das eleições, um dos principais chamarizes da campanha de Dória era a volta das velocidades das Marginais, 90 km/h para Expressa, 70 km/h nas centrais e 60 km/h nas locais. Uma vez eleito, e diante de pressões de vários setores, Dória voltou atrás mencionando que as marginais teriam velocidades diferentes em determinados trechos.

Agora a novidade foi colocar uma das faixas de rolamento com velocidade diferente das demais. Ficaria, então, 90 Km/h na pista expressa, 70 km/h na pista central e 60 km/h na pista central sendo uma das faixas a velocidade de 50 km/h. Para veículos pesados, 60 km/h tanto na pista expressa quanto na central e 50 km/h na pista local.

infografico-folha_1

Pegadinhas:

Apesar das velocidades teoricamente voltarem ao normal, as “pegadinhas” ficam em trechos que se julga mais perigosos, como curvas acentuadas. Nesses pontos, as velocidades na expressa volta a ter 70 km/h e a central 60 km/h. Além dessa, uma das faixas da pista local ficará numa velocidade mais lenta que as demais, 50 km/h.

Em outras palavras haverá uma “safra” enorme de velocidades diferentes, e é claro que seus respectivos radares já estarão calibrados para multar as pessoas que esqueceram que a velocidade voltou a ser a antiga num determinado trecho ou aquelas que não sabiam que tinham que diminuir pra entrar numa das faixas da pista local. Especialistas já apontam críticas e aumento tanto da gravidade quanto do número de acidentes.

infografico-folha_2

Infográficos: Folha de São Paulo

Atualização do Autopilot Punirá Motoristas Desatentos

autopilot
Nova atualização mira na segurança

A nova atualização do sistema semi-autônomo da Tesla, o Autopilot virá com uma função que punirá motoristas desatentos, chamada “procedimento de aborto” segundo a Eletrek, um blog dedicado a temas de sobre mobilidade e eletricidade.

Segundo o site, o procedimento funciona da seguinte forma: se o motorista não obedece a instrução de colocar a mão no volante após 15 segundos, o sistema entra em ação, redizindo o volume do rádio do carro e reduzindo consideravelmente a velocidade do carro até que o piloto volte a colocar as mãos no volante. Após isso, o Autopilot só poderá ser acionado novamente uma vez que o carro estiver parado e colocado em modo de estacionamento (park). É um modo de penalizar quem usa o sistema de forma perigosa e irresponsável e também pode salvar vidas caso o motorista esteja incapacitado de dirigir enquanto o Autopilot estiver ligado. O modo autônomo da Mercedes Benz classe E também tem uma função bem parecida que faz o carro parar e ligar o pisca alerta.

Outras atualizações incluem melhorias e possibilidade de guiar o carro em saidas de estradas, usando apenas através das luzes de direcionamento (setas). Isso é possivel graças a melhorias em seus dispositivos de mapeamento. Não ha data definida para que a atualização esteja disponível.

Fonte: Autoblog
I
magem: Cnn

Mulheres no Automobilismo

É só ver a Fórmula 1 para se ter uma base de como o automobilismo é um esporte de sua maioria composta por homens. Apesar de evoluirmos bastante, afinal temos chefes de equipe mulheres, ainda temos tempo para ver uma mulher no cockpit. Há vários fatores que podem influenciar, desde a criação dos pais até o fato de morarem em um país menos visado.
Veja isso é muito mais na excelente matéria da Redbull.

Editorial: Faróis Baixos

farol baixo e DLR
Farol Baixo ou DRL? Porque não os dois?

A lei que obriga o uso de fatos baixos está realmente dando muito o que falar no trade automotivo. Dentre as opiniões mais diversas, as mais frequentes são de críticas. Dentre as várias citadas, a da não especificação do DRL (Daytime Running Lights), e da suposta indústria de multas.

Longe ter a palavra final, ainda mais de ter a razão. Sei que há vários fatores que indicam a indústria da multa e muitos outros fatores que poderiam ser considerados para se aprovar a lei, que está longe de ser perfeita.

Porém consideremos: uma lei que está tramitando há anos no (congresso?), num país em que as coisas mal funcionam. Podemos considerar que é uma forma de tentar diminuir de uma forma eficaz e quase sem custo um mal que ninguém vê: o de ser visto no trânsito. Porque se pensarmos em dll em todos os carros, o custo para implantar seria muito alto para veículos que nem sequer a manutenção preventiva é feita.

Sabe-se e é até recomendável trafegar de faróis baixos ligados durante o dia para uma maior visibilidade. Então agora porque tornam obrigatório mediante multa, ficam criticando? Se aquele que tem um carro com DRL e acha o fim da picada ficar ligando seus faróis, poxa, porque não ter um pouco de paciência? É uma ordem natural, assim como Airbags, freios Abs que os DRL sejam cada vez mais frequentes, a ponto de serem obrigatórios.

Então porque não um pouco de convicção, de otimismo? De parar de reclamar por reclamar e começar a criticar com o intuito de melhorar? A lei a meu ponto é sim bem vinda, porém tem de ter um período de adaptação e sim tem de ser levado em consideração os DRL que foram feitos para o dia.

Fotos: Wikipedia (2)

Farol Baixo Obrigatório em Rodovias Brasileiras

placa farol

A partir de 7 de Julho de 2016 todos os veiculos que trafegarem por rodovias brasileiras deverão usar o farol baixo aceso durante o dia. Quem cometer a infração (ou esquecer) comete uma infração média, 4 pontos na CNH e uma multa de R$ 85,13.

A medida, já adotada em vários países da Europa e Estados Unidos e Canada por exemplo, visa aumentar a segurança rodoviária. A lei não especifica se os modelos mais modernos, que já contam com o DLR – Daytime Running Lamp dispositivo que já serve para posicionar e tem potência suficiente para ser visto por outros carros.

Notícia do Flatout

Dicas para Economicar Combustível

Fonte: Velocidade.org
Fonte: Velocidade.org

Um ótimo post do Ricardo Arcuri, do blog Velocidade trás verdades muitas vezes ignoradas por nós no trânsito e pode ajudar muito a economizar combustível. Afinal, com essas altas nos preços do etanol e da gasolina, qualquer medida que vise economizar é bem vinda:

  1. Rotacionar pouco: “Diferente do conceito dos carros mais antigos, de se passar a marcha na rotação que o motor permite, podemos movimenta-lo por um intervalo de rotações mais amigável. Ou seja, passar a marcha na menor rotação possível. Quanto menos o motor rodar, menos ciclos de injeção de combustível teremos e, assim, menor consumo.”
  2. Descendo e/ou Parando Engrenado: “Os motores equipados com injeção eletrônica possuem um comando chamado cutoff. Ele é responsável por cortar a injeção de combustível no motor em situações em que não esteja sendo acelerado (entende-se que o motor é usado como freio). Existem duas situações onde esse advento pode ser bem aproveitado. O primeiro, o mais óbvio, é na descida, onde o consumo momentâneo é zero. Uma segunda situação, que costumo usar bastante ao ver um semáforo fechando mais a frente, é começar a reduzir as marchas, uma por uma, sem o uso do freio. Assim, o freio-motor vai vagarosamente diminuindo a velocidade do carro. E por usá-lo como freio, o consumo também será zero durante esse procedimento.”
  3. Cuidados com a Embreagem:
    • “Parou na subida, segura no freio de mão ou no de pé. Mas devido à próxima instrução, melhor ficar no de mão.
    • Na hora de sair, faça que nem a auto-escola ensina: engate a marcha, faça o carro querer se mover e então solte o freio de mão. Com esse procedimento, existe uma segunda economia do sistema. Saindo no freio de pé, o carro desce um pouquinho. Com isso, é necessário vencer a aceleração contrária e a inércia para sair do zero. Já saindo no freio de mão, é necessário vencer apenas a inércia para iniciar o movimento. Menos esforço, mais economia!”
  4. Alimentar Bem: “se não alimentar bem nosso veículo, ele vai se sentir mal, andar fraco. Por isso, é muito importante abastecer com combustível de qualidade, seja álcool, gasolina ou até o diesel. (…) para carros flex, usem sempre o fator 0,7 na divisão álcool/gasolina, para ver quem está valendo a pena. Se esse fator estiver abaixo, use álcool. Senão, parta para a gasolina.”