3 Carros Esportivos e Econômicos

A potência dos carros vem sempre com uma relação de serem beberrões. Mas graças a evolução da tecnologia coligada a exigência do mercado automotivo para modelo mais eficientes temos hoje carros que são bem potentes e ao mesmo tempo tão econômicos quanto um modelo comum.

Abaixo 3 modelos esportivos que provavelmente devem ser mais econômicos que muitos modelos brasileiros:

3. Nissan 370z:
nissan-370z
Adorado não só por japosenes, o 370z também é conhecido como Nissan Fairlady e seu motor V6 é capaz de mandar o modelo da inércia a 100 Km/h em 5,2 segundos, produzir 332 cavalos de potência. E mesmo com toda essa cavalaria, o modelo faz modestos 8,1 Km/L na cidade e 11,1 na estrada.

2. Audi TT:
audi-tt

Um dos ícones da Audi, também não deixa a desejar na performance: motor é um 4 cilindros 2.0 capaz de desenvolver bons 211 cavalos de potência, 0 a 100 km/h em 5,3 segundos e seu custo vai de 8,5 km/L na cidade a 12,8 Km/L na estrada.

1. Ford Mustang:
ford-mustang

Ok, sabemos que carros músculo, ou nesse caso um pony car não seja assim exatamente um exemplo de bom consumo, mas o Mustang pode se orgulhar de possuir um belo motor V6 capaz de produzir 305 cavalos de potência, ir de 0 a 100 Km/h em 5,8 segundos e ainda fazer por volta de 8,5 Km/L na cidade e 13,2 Km/L na estrada!

Menção Honrosa ao Chrysler 300:
chrysler-300

Ok, não é um esportivo mas vale pela “mágica” feita no motor, que por sinal também vai para seus irmãos maiores, da linha Hellcat: motor HEMI V8 6.4 e produz mais de 460 cavalos de potência. O motor porém é dotado de uma tecnologia chamada “Interactive deceleration fuel shut off”, ou como iDFSO. Ela consiste em “desligar” metade do motor quando percebe que não é necessária muita potência. Ou seja, quando não é necessária toda a cavalaria de quase 500 cavalos, o motor “desliga” 4 pistões, fazendo o consumo cair drasticamente: 14 Km/L na cidade e 23 Km/L na estrada.

Fonte e Fotos: Elhombre

Smile!

Um tweet que alegra o dia de qualquer um!

Mulheres no Automobilismo

É só ver a Fórmula 1 para se ter uma base de como o automobilismo é um esporte de sua maioria composta por homens. Apesar de evoluirmos bastante, afinal temos chefes de equipe mulheres, ainda temos tempo para ver uma mulher no cockpit. Há vários fatores que podem influenciar, desde a criação dos pais até o fato de morarem em um país menos visado.
Veja isso é muito mais na excelente matéria da Redbull.

Os 3 Carros Mais Caros nos Estados Unidos

Quando se fala de preços, sabemos que o Brasil é um padrão de preços abusivos, principalmente quando falamos sobre Carros. E a discussão sobre o preço Brasil, de impostos a lucros abusivos, vai além do coompreensivel.

Já nos Estados Unidos, o fã de carro é muito mais feliz; uma infinidade de carros a disposiçao, além de muito mais acessíveis. Isso não impede porém de existirem carros muitos caros. E a lista abaixo mostra os carros mais caros feitos nos Estados Unidos que seus cidadãos podem comprar:

3. Acura NSX:

acura nsx

A Acura é o braço da Honda no mercado norte americano, quase nos mesmos moldes que a Lexus foi criada pela Toyota. E é claro que quando a Honda planejou o novo Nsx ele planejou lançá-lo num mercado promissor e concorrido, como o dos Estados Unidos. Com a bagatela de 157 mil a 200 mil dólares voc6e já consegue levar um desses pra casa!

Continuar lendo

Carros do Ícone Pop em Versão Mad Max

mad max fast and furius
Toretto ou O’Conner poderiam ir em qualquer lugar com um desse!

Como seriam os principais carros da cultura pop em sua versão pós apocaliptica, como no Mad Max Fury Road?

Seriam demais segundo a forma que Scott Park imaginou! Você pode ver mais veículos no Tumblr dele.

Fonte: Io9

Feliz Dia dos Pais!

Pra quem ensina os prazeres dessa vida 😉

Primeiro Velozes e Furiosos Volta as Telonas em Homenagem de 15 Anos da Franquia

fast_and_furious_1_3243445b

O Filme que influenciou toda uma geração voltará a estreiar nas telonas dos cinemas norte-americanos. A volta é uma homenagem aos 15 anos de estréia do filme, tempo suficiente para ter fãs que ainda não eram nascidos desde a estréia em 2001.

Para quem não tiver o privilégio de morar nos Estados Unidos, só nos resta o sofá, Netflix e esse trailer bem bacana: