Porque Ayrton é Idolatrado no Japão

ayrton-senna-comemora-titulo-mundial-no-gp-do-japao-de-1991-1319144910264_615x300

É quase impossível, mas aconteceu: Ayrton Senna foi e ainda é considerado como um herói no Japão. As circunstancias foram aproveitadas da melhor forma: na década de 80 o grande prêmio do Japão voltou a entrar no calendário da F1, a Honda (diferente de hoje) tinha o melhor motor das equipes de F1. Fora essas vantagens, os japoneses se identificaram com Senna por não ser Europeu, o que já era um desafio, também por ter a mente forte e não ser político como o Prost por exemplo.

Quer saber mais? A matéria toda você pode conferir no Uol Esporte!

Foto: Uol Esporte

Túnel do tempo: Fernando Alonso, então estreante pela Minardi, dando trabalho para o futuro colega de equipe Giancarlo Fisichella.

Os Melhores Momentos da F1 em Singapura

Alguns dos momentos mais emocionantes desse circuito:

  1. A batida intencional do Nelsinho Piquet (2008):
  2. Pit do Massa (decisivo para decisão do título, 2008):
  3. Webber pegando carona com Alonso (2013):

E qual corrida em Singapura você considera especial? Comente!

Quer mais da lista? Acesse o blog Velocidade e confira a lista completa!

GP Brasil 1974 – 40 anos da segunda vitória de Émerson Fittipaldi.

Narrativa ao modo “anos 70” bem interessante.

Nigel Mansell 1995

Talvez algumas pessoas, mesmo aquelas que acompanham F1 se lembram da despedida de Mansell. Foi em 1995, sendo que o “Leão” disputou apenas duas provas: San Marino e Espanha.

Neste pequeno vídeo um exemplo  de como o inglês fazia barbeiragem era a mesma altura de quando fazia corridas memoráveis.

Como diz o Galvão, a dupla Mansell x Irvine de fato era “muito carro pra pouca pista”.