Dodge Challenger Hellcat é Muito Gastão?

dodge-challenger-t
Beberão? Nem tanto…

Para quem acha que superesportivos são todos gastões, eis uma boa novidade: o Challenger Hellcat, considerado o muscle car em produção mais potente do mundo gasta cerca de 22 milhas por galão de gasolina nos Estados Unidos. Isso dá cerca de 9,35 Km/L, algo bem impressionante vindo de um motor V8 de 6,2 L com capacidade de produzir até 707 cavalos de potência! Isso equipado com uma transmissão automática de 8 velocidades. Uma ótima pedida quando você precisa não só olhar a cavalaria do carro, mas também a conta do posto que o carro vai custar… Alguns outros superesportivos que acabam gastando mais que o novo Dodge:

  • Lamborghini Aventador Roadster: 7,65 Km/L
  • Aston Martin Vanquish: 7,65 Km/L
  • Mercedes Benz SLS AMG GT: 8,07 Km/L

Foto: N Y Daily News

Como Chegam os Importados no Brasil?

Por navio. Avião acaba triplicando o valor da importação, então essa opção é só para endinheirados. Além de já caros, os importados tem diferentes portos de entrada pelo Brasil, dependendo aonde a marca é mais forte e sua estratégia de distribuição: de acordo com a Car and Driver, a regra geral é usar o porto mais próximo de seus centros de logística ou de futuras instalações. Confira abaixo e no mapa onde cada fabricante encomenda seus importados:

  • Itapoá (SC): BMW e Mini.
  • Paranaguá (PR):  Volkswagen (sul, sudeste e centro oeste).
  • Rio de Janeiro (RJ): Chrysler, Dodge, Fiat. Jeep, Nissan, Peugeot e Citroën.
  • Rio Grande (RS): Chevrolet.
  • Salvador (BA): JAC.
  • Santos (SP): Fiat, Honda, Mercedes Benz, Mitsubishi, Suzuki, Ferrari, Masserati, Rolls Royce e Lamborghini.
  • Suape (PE): Volkswagen e Chevrolet (norte e nordeste).
  • Vitória (ES): Audi, Chery, Hyundai, Jaguar, Land Rover, Toyota, Lexus, Kia, Volvo e Porche.
  • Uruguaiana (RS): Toyota (Hilux e SW4).

carros_importados_brasil

Fonte: Car and Driver