Feliz Dia dos Pais!

Pra quem ensina os prazeres dessa vida 😉

Anúncios

Dicas para Economicar Combustível

Fonte: Velocidade.org
Fonte: Velocidade.org

Um ótimo post do Ricardo Arcuri, do blog Velocidade trás verdades muitas vezes ignoradas por nós no trânsito e pode ajudar muito a economizar combustível. Afinal, com essas altas nos preços do etanol e da gasolina, qualquer medida que vise economizar é bem vinda:

  1. Rotacionar pouco: “Diferente do conceito dos carros mais antigos, de se passar a marcha na rotação que o motor permite, podemos movimenta-lo por um intervalo de rotações mais amigável. Ou seja, passar a marcha na menor rotação possível. Quanto menos o motor rodar, menos ciclos de injeção de combustível teremos e, assim, menor consumo.”
  2. Descendo e/ou Parando Engrenado: “Os motores equipados com injeção eletrônica possuem um comando chamado cutoff. Ele é responsável por cortar a injeção de combustível no motor em situações em que não esteja sendo acelerado (entende-se que o motor é usado como freio). Existem duas situações onde esse advento pode ser bem aproveitado. O primeiro, o mais óbvio, é na descida, onde o consumo momentâneo é zero. Uma segunda situação, que costumo usar bastante ao ver um semáforo fechando mais a frente, é começar a reduzir as marchas, uma por uma, sem o uso do freio. Assim, o freio-motor vai vagarosamente diminuindo a velocidade do carro. E por usá-lo como freio, o consumo também será zero durante esse procedimento.”
  3. Cuidados com a Embreagem:
    • “Parou na subida, segura no freio de mão ou no de pé. Mas devido à próxima instrução, melhor ficar no de mão.
    • Na hora de sair, faça que nem a auto-escola ensina: engate a marcha, faça o carro querer se mover e então solte o freio de mão. Com esse procedimento, existe uma segunda economia do sistema. Saindo no freio de pé, o carro desce um pouquinho. Com isso, é necessário vencer a aceleração contrária e a inércia para sair do zero. Já saindo no freio de mão, é necessário vencer apenas a inércia para iniciar o movimento. Menos esforço, mais economia!”
  4. Alimentar Bem: “se não alimentar bem nosso veículo, ele vai se sentir mal, andar fraco. Por isso, é muito importante abastecer com combustível de qualidade, seja álcool, gasolina ou até o diesel. (…) para carros flex, usem sempre o fator 0,7 na divisão álcool/gasolina, para ver quem está valendo a pena. Se esse fator estiver abaixo, use álcool. Senão, parta para a gasolina.”

 

Jeep de 9 Segundos

Ainda falando em corridas de arrancada, carros de 10 segundos dos velozes e furiosos, uma outra novidade bem impressionante é esse Jeep, fazendo o quarto de milha em menos de 10 segundos. O modelo é um Grand Cherokee STR-8, com cerca de 1 100 cv de potência do dinamômetro, segundo o dono. Simplesmente animalesco:

Fonte: Truck Yeah

Audi RS7 – Pilotagem Autônoma

Já sabemos que os carros autônomos são uma realidade bem próxima. Se você não viu, poderá conferir aqui e aqui dois posts que fizemos sobre direção autônoma e como cada vez mais ela está influenciando o modo de vermos as máquinas. E dessa vez, a Audi se superou, chegando a colocar a tecnologia em um RS7 preparado para a corrida.

O modelo fez curvas usando da melhor tangência, digno de um piloto profissional. Isso deve ter assustado um monte de gente, afinal, em quanto tempo vai demorar para que uma máquina dessas seja tão bom (ou até melhor) do que pilotos profissionais? Para quem não se impressionou, o carro autônomo foi 5 segundos mais rápido do que um motorista convencional na pista. Eu sei, não é uma comparação ao piloto, mas é um passo importante.

Veja o vídeo e comente sua opinião!